Assista o vídeo completo do X Ato em https://youtu.be/8TVRIAS-Ao0
Capa do Face.JPG
Neca.JPG
Geraldo e Gleisi.jpg
Haddad e Fernando.jpeg
Religiosos X Ato.JPG
Panorâmica.JPG
             Manifesto

                                                                     CARTA DE SÃO PAULO

                                                  “PELA DEMOCRACIA, ESTAMOS COM LULA”

Brasil, 06 de outubro de 2022

 

Nestes últimos 4 anos, o Brasil viveu e vive um de seus momentos históricos e políticos de maior ebulição, com ataques coordenados e sistemáticos à democracia. São ações, falas e articulações por parte do atual ocupante do Palácio do Planalto que colocam em risco o Estado Democrático de Direito e as liberdades políticas e individuais em nosso país.

O Direitos Já! Fórum pela Democracia vem lutando incansavelmente nesse período para que os valores democráticos de nossa sociedade não sejam manchados e os direitos, conquistados com muita luta e muito sangue, não sejam expropriados. Uma luta feita sempre com diálogo e convergência entre todas as forças do campo democrático que se opõem ao governo autoritário, retrógrado e antidemocrático que está aí.

Preparamo-nos muito para essa eleição de 2022, fomentando na sociedade brasileira a mobilização em torno de ideias e pautas democráticas que se contrapõem a esta atmosfera de violência política incitada pelo atual presidente e seus apoiadores. O Direitos Já! absorveu em suas fileiras todos e todas que, independente de sua escolha presidencial, estavam dispostos a derrotar o atual governo.

Essa união histórica e ampla não foi fácil e nem simples, mas a maturidade política do movimento e a valorosa contribuição de todos na construção de candidaturas democráticas foi vitoriosa; conseguimos chegar a este momento com muita força e com a certeza histórica de que cumprimos com o nosso papel fundamental para, com ideias e projetos, enfrentar o terror político que nos assombra.

O campo democrático nunca se absteve da luta por eleições livres e soberanas, apoiando o sistema eleitoral e todos aqueles que se levantaram para enfrentar o jugo da tirania bolsonarista. Mas agora, a situação aparece de forma mais clara e definitiva; é chegado o momento para que todos e todas que compõem esse campo democrático deixem de lado as eventuais divergências e diferenças para que possam, sem exceção, aderir de forma pública, clara e irrestrita à candidatura de Lula Presidente. É Lula a única alternativa democrática ao Brasil nesse momento em que Bolsonaro resiste em seu projeto autoritário.

Neste ato, esta frente ampla de democratas convoca o povo brasileiro para que empunhe a bandeira da liberdade, ocupe todos os espaços de convívio, das ruas ao ambiente de trabalho, para que Lula e a Democracia brasileira tenham uma consagradora vitória no segundo turno.

                    

O momento de dar um basta é agora! O Brasil não aguenta mais tanto ódio e violência, desmandos; pessoas passando fome, outras mortas pela irresponsabilidade, descaso e corrupção do atual governo. O meio ambiente atacado sem trégua, a cultura em total desmonte, a Educação e a Saúde inteiramente desprezadas.

Esse é um dos momentos mais importantes da nossa República e nos colocamos na linha de frente deste processo de segundo turno chamando todos e todas que apoiaram Ciro Gomes, Simone Tebet, outros candidatos e até mesmo aqueles que porventura anularam ou deixaram em branco seus votos no primeiro turno para que se unam nessa reta final de reconquista da nossa democracia e da nossa condição de país livre!

Todos aqui neste momento se tornam um só organismo de luta. Não é o momento de diferenças e sim de convergências. O Brasil precisa que todos nós, democratas, saiamos às ruas pedindo votos para Lula Presidente. Essa é a nossa responsabilidade para com o país e um momento histórico de demonstração de união e de força.

Pela democracia, neste segundo turno, estamos em frente ampla com Lula Presidente.

Viva a democracia! Viva o Brasil!

Direitos Já! Fórum pela Democracia

Card X Ato.jpeg

                     X Ato do Direitos Já! reune Frente Ampla pela Democracia

 

Realizado no dia 6/10/22, na Casa de Portugal em São Paulo, o X Ato do Direitos Já! reuniu a Frente Ampla pela Democracia, com a presença de mais de 700 pessoas.

Após a apresentação, anunciada pela coordenadora de Eventos, Grace Carreira, do Hino Nacional pela Orquestra Musicando, formada por jovens músicos ligados ao Instituto de Educação Integrada Garotos Sem Fronteiras, da comunidade de Heliópolis, o coordenador geral do Direitos Já!, Fernando Guimarães, leu o manifesto denominado Carta de São Paulo, que explica o objetivo do encontro, que é conseguir apoio de todo o campo progressista ao candidato Lula que contrapõe ao atual governo antidemocrático.

Na sequência, aconteceu o momento ecumênico, com o reverendo presbiteriano Valdinei Ferreira, Mãe Kelly de Angelis, Pai Denison de Angelis, ambos da umbanda - Instituto Céu Estrela Guia, a reverenda Alexya Salvador, do grupo Evangélicas por Igualdade de Gênero, o padre anglicano Nello Pulcinelli, da Ordem Missionária Confessante, Afonso Moreira Jr., da Frente Inter-Religiosa e da Fundação Espírita André Luiz, Leonel Sá Maia, da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, a iyalorisa Adriana de Omulu, do candomblé, o pastor pentecostal Eliel Batista, o xamã Emerson Pantaleo Caparelli, Felipe Ribeiro, da Tradição Unitário Universalista e o  padre Antonio Naves, da Igreja Católica.

Estiveram presentes o ex-ministro das Relações Exteriores e também da Justiça, Aloysio Nunes, do PSDB, a socióloga e educadora Neca Setúbal, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, José Gregori, ex-ministro da Justiça e membro da Comissão Arns, o economista e ex-diretor do Banco Interamericano de Desenvolvimento e do Banco Mundial, Rogério Studart, José Carlos Dias, ex-ministro da Justiça e presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns, Antônio Neto, presidente municipal do PDT de São Paulo, o governador Geraldo Alckmin, candidato a vice-presidente do Brasil, Priscila Cruz, presidente executiva da Todos pela Educação, o deputado federal pelo Amazonas, Marcelo Ramos, pelo PSD, Patrícia Manaro, secretária executiva da Aliança LGBTI, a professora Lúcia França, candidata a vice-governadora, Fernando Haddad, candidato a governador de São Paulo, Tamikuã Pataxó, da Coordenação dos Povos Indígenas da Região Sul, a deputada eleita pela Rede, Marina Silva, o presidente nacional do Partido Verde, José Luiz Penna, Bruna Brelaz, presidente da União Nacional dos Estudantes, Paula Nunes, deputada estadual eleita pelo PSOL, Adilson Araújo, presidente da CTB, Walter Sorrentino, vice-presidente do PCdoB e o senador eleito pelo Piauí, Wellington Dias, do PT. Também foram exibidos vídeos da senadora Simone Tebet (MDB/MS) e do jurista Miguel Reale.

Ao final, a Orquestra Musicando apresentou Apesar de Você, de Chico Buarque, na voz de João Suplicy, Elisa Dias e Thobias da Vai-Vai.