Primeiros passos

Como surgiu o Direitos Já!

 

Antes de seu ato oficial de lançamento, em setembro de 2019, o Direitos Já! Fórum pela Democracia promoveu um encontro fundamental para sua história. Representantes de dez partidos, entre eles Cidadania, PCdoB, PDT, PSDB, PSOL, PT, PV, REDE se reuniram na noite de 20/5/2019, em São Paulo, no apartamento do jurista Pedro Serrano, para organizar o lançamento do movimento.

     

O encontro foi organizado pelo sociólogo Fernando Guimarães e por Serrano, com o intuito de lançar um manifesto e organizar um ato no Tuca, em São Paulo. O movimento começou a partir de um grupo de WhatsApp, criado durante o segundo turno das eleições de 2018 e que ultrapassou 200 integrantes de vários partidos.

   

Entre os cerca de 40 participantes, estavam o ex-ministro Aloizio Mercadante, o ex-prefeito Fernando Haddad, o deputado Emidio de Souza e o vereador Eduardo Suplicy, todos do PT; o ex-ministro da Justiça José Gregori, o ex-senador José Aníbal e o então vereador Daniel Annenberg, pelo PSDB; Guilherme Boulos (PSOL), o presidente do PV, José Penna; o porta-voz da Rede, José Gustavo; além de lideranças de outros partidos e dirigentes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), União Nacional dos Estudantes (UNE) e do movimento negro.

Encontro minuta.jpg

                                Da primeira reunião aos muitos encontros

WhatsApp Image 2021-06-13 at 17.05.25.jpeg

Em fevereiro de 2019, o Direitos Já! Fórum pela Democracia promoveu sua primeira reunião presencial de integrantes (foto acima). Desde então, o movimento realizou várias rodas de conversa com nomes da política, no período de março a julho de 2019. Confira nas fotos seguintes:

Encontro com Aldo Rebelo.jpeg

Aldo Rebelo (ao centro)

WhatsApp Image 2021-06-13 at 17.09.46.jp

Andrea  Matarazzo (ao centro)

WhatsApp Image 2021-06-13 at 17.10.09.jp

Ciro Gomes (ao centro)

Foto 5

WhatsApp Image 2021-06-13 at 17.10.24.jp

Mário Covas Neto (ao centro)

WhatsApp Image 2021-06-13 at 17.10.37.jp

Eduardo Jorge (3o à esq.)

WhatsApp Image 2021-06-13 at 17.10.52.jp

Gilberto Natalini (centro)

WhatsApp Image 2021-06-13 at 17.11.09.jp

Guilherme Boulos (8o à dir.)

WhatsApp Image 2021-06-13 at 17.11.24.jp

José Aníbal (ao centro)

WhatsApp Image 2021-06-13 at 17.11.42.jp

José Luiz Penna (3o à esq.)

WhatsApp Image 2021-06-13 at 17.11.59.jp

Márcio França (ao centro - primeira fileira)

WhatsApp Image 2021-06-13 at 17.12.05.jp

Fernando Guimarães, Paulinho da Força, Ramalho da Construção e Luiz Antonio Medeiros

Encontros preparatórios


Antes da realização do I Ato no Tuca, os representantes do movimento se reuniram, em julho, com a reitora da PUC/SP, Maria Amália Andery (foto abaixo). No Congresso Nacional, antes do Ato II, em outubro de 2019, os representantes do Direitos Já! fizeram mais dois encontros (fotos seguintes) 

WhatsApp Image 2021-06-13 at 17.06.15.jp
WhatsApp Image 2021-06-17 at 00.48.35.jpeg

Antonio Celso, Ricardo Scog, deputado Marcelo Freixo, Fernando Guimarães, Iderlânio Gomes e Murilo Muraah

WhatsApp Image 2021-06-17 at 00.49.49.jpeg

Antonio Celso, Fernando Guimarães, Ricardo Scog e deputado Alessandro Molon